ECONOMIA :: Ciclo de desenvolvimento de software: 2 modelos para você conhecer!

por
março 22, 2021

Para que um negócio tenha soluções tecnológicas de qualidade e consiga atingir seus objetivos por meio delas, é indispensável que seus gestores saibam optar pelo ciclo de desenvolvimento de software mais indicado para suas necessidades.

Nos últimos anos, os modelos de cascata e SCRUM (metodologia ágil de desenvolvimento de software) têm mudado a forma como as empresas definem suas ações.

Cada opção conta com fundamentos e desdobramentos próprios – e conhecer suas principais peculiaridades é indispensável para optar pela metodologia mais alinhada com as demandas da organização e dos profissionais de TI.

A seguir, conheça melhor os conceitos de ambos os modelos, além de suas principais vantagens e desvantagens. Depois, veja como é a aplicação de cada caso dentro dos negócios!

Quais os principais modelos de ciclo de desenvolvimento de software?

Como mencionamos anteriormente, é indispensável conhecer os detalhes mais importantes das metodologias de desenvolvimento de software para saber determinar qual é a mais vantajosa para o seu projeto.

Confira os principais aspectos sobre cada conceito, suas particularidades mais marcantes e seus prós e contras:

Modelo Cascata

Também chamado de método tradicional de desenvolvimento, o modelo cascata é aquele em que as fases de todo o projeto são sequenciais.

Esse ciclo de desenvolvimento de software demanda um longo processo de planejamento e conta com escopo, cronograma e custos fixos.

Na metodologia de cascata, as ações só podem avançar quando cada etapa é finalizada. Isso torna seu desenvolvimento mais engessado, mas também com custos e fases mais previsíveis.

Seus principais benefícios incluem:

*Garantia de alinhamento sobre as entregas entre o cliente e desenvolvedores logo no início do projeto;
*Reconhecimento antecipado do escopo dos trabalhos, com mais facilidade para seu acompanhamento;
*A presença do cliente não é obrigatória ao longo de sua realização, exceto nos testes, reuniões e aprovações (que são mais bem definidos);
*Critérios mais rígidos e processo de desenvolvimento mais cuidadoso, com um projeto mais previsível e completo;
*Garantia de um design coerente e sem riscos de fragmentações ou desalinhamento entre suas diferentes frentes;
*Previsibilidade de cronograma e custos de desenvolvimento.

Entre as desvantagens, destacam-se:

*Entregas mais lentas e interdependentes;
*Demanda de um longo planejamento antes da execução;
*Excesso de documentação;
*Impossibilidade de mudanças ao longo da execução;
*Realização de testes somente após o fim da criação, com menor previsibilidade sobre detalhes da experiência dos usuários.

SCRUM (Metodologia ágil de desenvolvimento de software)

SCRUM é um ciclo de desenvolvimento de software ágil, em que todo o projeto é dividido em etapas menores, chamadas de Sprints.

Para definir quais serão as funcionalidades da solução, é criada uma lista chamada de Product Backlog. Com base nela, uma reunião de planejamento é feita ao início de cada Sprint, definindo quais atividades serão implementadas no mesmo.

Todas as tarefas cumpridas em cada Sprint são movidas do Product Backlog para outra lista, chamada de Sprint Backlog.

A cada dia em que um Sprint é desenvolvido, o time faz uma reunião prévia, conhecida como Daily SCRUM. Nela, é discutido o que foi realizado no dia anterior, quais foram os eventuais problemas enfrentados e são definidas as ações do período que está começando.

Quando um Sprint é finalizado, as funcionalidades implementadas são apresentadas e testadas. Com todas as adequações garantidas, os profissionais iniciam o Sprint seguinte.

Ao contrário do modelo cascata, a metodologia SCRUM é flexível, interativa e pode receber eventuais melhorias ao longo de todo processo de desenvolvimento, já que os testes são constantes e as etapas geralmente não são interdependentes.

As vantagens mais marcantes da metodologia ágil de desenvolvimento de software SCRUM são:

*Detecção mais rápida de erros e processo mais orgânico de correções;
*Mais agilidade e menos recursos para sua realização;
*Flexibilidade que permite melhor adequação e melhorias ao longo do projeto;
*Obtenção de novos insights e informações ao longo dos ciclos de criação;
*Melhor comunicação e relacionamento entre os envolvidos com equipes multidisciplinares;
*Mais autonomia e engajamento dos desenvolvedores;
*Mais agilidade para criar a solução e colocá-lo no mercado;
*Maior satisfação dos clientes, com foco total em suas necessidades.

Já suas desvantagens incluem:

*Pouca relevância para projetos menores e pouco complexos;
*Exigência de pleno engajamento em suas boas práticas, que são indispensáveis para o bom andamento do projeto;
*Exigência de especialistas para a tomada de decisões constantes e muito relevantes;
*Risco de refatorações muito frequentes caso o escopo não seja muito bem definido no design e arquitetura inicial.

No próximo item, descubra quais são as situações mais indicadas para a utilização de cada conceito!

Como aplicar cada metodologia?

Para que você não erre ao optar pelo ciclo de desenvolvimento de software mais indicado para o seu projeto, confira as principais indicações para o modelo cascata e SCRUM:

Indicações do Modelo Cascata

*Projetos com requisitos certos, estáveis e muito bem definidos;
*Quando há adaptabilidade para troca de equipes de profissionais;
*Quando há a necessidade de uma documentação mais completa;
*Se existem restrições de cronograma ou orçamentárias;
*Projetos menores.

Recomendações do Modelo SCRUM

*Quando há maior necessidade de adaptações ao longo do projeto;
*Para times que precisam se comunicar com mais eficiência e transparência;
*Na geração mais rápida de valor, com entregas fracionadas;
*Caso seja necessário mais velocidade na entrega da solução;
*Quando há maior demanda de adaptabilidade;
*Com menor tempo para planejamento – já que o mesmo é feito de maneira breve a cada Sprint;
*Em projetos mais longos e complexos.

Mais do que conhecer as indicações de cada modelo e os benefícios do software integrado pretendidos pela empresa, a escolha do ciclo de desenvolvimento de software mais adequado também deve ser apoiada pela decisão dos melhores profissionais da área.

A Monitora é especialista em desenvolvimento, elabora soluções voltadas às necessidades de cada negócio e se adapta ao método de trabalho ideal para cada cliente, seja ele cascata ou SCRUM.

Quer garantir um ciclo de desenvolvimento de software alinhado às suas demandas e garantir mais excelência, tanto no método cascata quanto na metodologia ágil de desenvolvimento de software? Então, conheça as nossas soluções!

Site: https://www.monitoratec.com.br/

Contato:
+55 11 95275 9134
+55 16 99624 2181
+55 16 99164 1003
comercial@monitoratec.com.br

Share on Twitter Share on Facebook