Estadão Blue Studio publica caderno Onde Investir – Meu Primeiro Investimento

agosto 22, 2021

O Estadão Blue Studio preparou um caderno especial chamado Onde Investir – Meu Primeiro Investimento, publicado nas versões impressa e online do Estadão neste domingo (22 de agosto).

Segundo as reportagens, mesmo com a crise econômica severa e mesmo com tantas dificuldades para fechar as contas no fim do mês, quando sobra alguma coisa, muitos brasileiros tendem a investir, até por comodidade, na tradicional caderneta de poupança, que não ganha mais nem da inflação.

Mas essa questão cultural, diante de tantas novas opções de onde aplicar os recursos, vem mudando de paradigma. Com informação, e saindo da inércia, muitas pessoas físicas, além de montar a essencial reserva de emergência, estão se aprofundando em novos produtos de investimento e começando a decidir com segurança a melhor forma de conseguir preservar e, em um segundo momento, aumentar o capital investido.

Para ler todo o conteúdo produzido pelo Estadão Blue Studio, acesse os links abaixo.

Poupança não é mais um bom negócio

Em um cenário em que as taxas de juros fica abaixo da inflação, o rendimento da tradicional caderneta chega a ser negativo

Os caminhos do primeiro investimento

Aplicar com segurança envolve respeitar o perfil e os objetivos das pessoas

O dilema do mundo imobiliário

O brasileiro ainda se divide entre o investimento direto em tijolo ou em um fundo

Do surfe à TV, personalidades relatam como cuidam do dinheiro

Planejamento e informação sustentam o aumento de patrimônio dos famosos

Rentabilidade pode acompanhar menos risco

Nem sempre quem investe em um ativo mais arriscado vai ganhar mais

 

 

Share on Twitter Share on Facebook