Cidades precisam se preparar para a convivência entre modais e micromodais

dezembro 29, 2021

Num mundo cada vez mais acelerado, o prazo de entrega das compras feitas por aplicativos ou pela internet se tornou um aspecto crucial da competitividade entre as empresas. As grandes cidades já contam com uma série de alternativas que podem ser combinadas para viabilizar esse processo – caminhões, carros, motos, bicicletas convencionais, bicicletas elétricas, patinetes, aplicativos diversos, além do uso em potencial do transporte público. E novos personagens revolucionários entrarão para essa lista: drones, robôs e veículos autônomos.

“A mobilidade urbana vai mudar na década que está começando mais do que mudou nos últimos cem anos”, projetou Pedro Palhares, gerente-geral do Moovit no Brasil, durante o painel “Infraestrutura das Cidades: Aspectos Logísticos – Última Milha e Micromodal”. A empresa, de origem israelense, atua em 115 países no desenvolvimento de soluções focadas em informações sobre transporte público e navegação nas cidades.

Clique aqui para ler a reportagem completa, publicada no Estadão e produzida pelo Estadão Blue Studio.

Share on Twitter Share on Facebook