IDB Lab, Cambridge Quantum e Tec de Monterrey desenvolvem blockchain resistente à computação quântica

por
agosto 10, 2021

PR NEWSWIRE

IDB Lab, Cambridge Quantum e Tec de Monterrey desenvolvem blockchain resistente à computação quântica

PR Newswire

CAMBRIDGE, Inglaterra, 10 de agosto de 2021 /PRNewswire/ — O Banco Interamericano de Desenvolvimento e seu laboratório de inovação, o IDB Lab, juntamente com a Cambridge Quantum (CQ) e a Tecnológico de Monterrey, identificaram e resolveram possíveis ameaças às redes blockchain impostas pelo advento do desenvolvimento de computadores quânticos. Em resposta a essas ameaças, a equipe de projeto desenvolveu uma camada criptográfica que permite que as redes blockchain se protejam dessa nova geração de tecnologias computacionais.

Foram identificadas quatro áreas potenciais de ameaça às redes blockchain, incluindo a comunicação entre os nós da rede e a integridade das transações assinadas digitalmente. Cada área de ameaça conta com criptografia e chaves que são vulneráveis a ataques por computadores quânticos e que precisam ser melhoradas para garantir a segurança e integridade das redes blockchain.

Para enfrentar essas ameaças, uma camada de criptografia pós-quântica que protege redes e oferece resistência a ataques de computadores quânticos foi desenvolvida na rede blockchain LACChain Besu, com base na tecnologia Ethereum. As transações e comunicações foram protegidas com chaves à prova de computação quântica da plataforma IronBridge da CQ, que utiliza computadores quânticos para gerar entropia certificada.

Embora determinados algoritmos quânticos permitam violações de protocolos de segurança digital, por sorte, também temos outros que podemos utilizar para fortalecer nossos recursos de proteção de dados,” disse Salvador E. Venegas-Andraca, professor-pesquisador e diretor do grupo de processamento de informações quânticas da Tecnológico de Monterrey.

Duncan Jones, diretor de segurança cibernética quântica da CQ, ressaltou que “a blockchain LACChain era um alvo ideal para chaves geradas por nossa plataforma IronBridge. Apenas as chaves geradas a partir de entropia quântica certificada podem ser resistentes à ameaça da computação quântica.

Irene Arias Hofman, CEO do IDB Lab, disse: “Na era digital em que nos encontramos, temos a nossa disposição diferentes tecnologias emergentes com capacidade de resolver problemas sociais e, na medida em que conseguirmos combiná-las, alcançaremos um impacto exponencial. Nesse caso, os conhecimentos combinados da equipe do BID, da CQ e da TEC sobre as tecnologias quântica e de blockchain, possibilitou alcançar um marco fundamental para garantir a integridade futura da LACChain, uma plataforma de blockchain criada pelo IDB Lab que já está sendo utilizada por mais de 50 entidades da região.

Para mais informações, consulte a nota técnica que documenta esse marco aqui.

Sobre o IDB Lab

O IDB Lab é o laboratório de inovação do IDB Group, a principal fonte de financiamento e conhecimento para o desenvolvimento voltado para a melhoria das vidas na América Latina e no Caribe. O objetivo do IDB Lab é promover a inovação para a inclusão na região, mobilizando financiamentos, conhecimentos e conexões para testar soluções do setor privado em estágio inicial com o potencial de transformar a vida de populações vulneráveis por condições econômicas, sociais e ambientais. Desde 1993, o IDB Lab aprovou mais de 2 bilhões de dólares em projetos implementados em 26 países da América Latina e do Caribe. www.bidlab.org

Sobre a Cambridge Quantum

Fundada em 2014 e com o respaldo de algumas das principais empresas de computação quântica do mundo, a CQ é líder global em software quântico e algoritmos quânticos, possibilitando que seus clientes aproveitem o máximo dos hardwares de computação quântica, que estão em rápida evolução. A CQ tem escritórios na Europa, nos EUA e no Japão. Em 8 de junho de 2021, a CQ anunciou uma fusão com a Honeywell Quantum Solutions, que deverá ser concluída no terceiro trimestre de 2021. Para mais informações, acesse o site da CQ http://www.cambridgequantum.com e a página do LinkedIn. Acesse o módulo tket Python no GitHub.

Sobre a TEC de Monterrey

A Tecnológico de Monterrey foi fundada em 1943 graças à visão de Don Eugenio Garza Sada e de um grupo de empreendedores que formaram uma associação sem fins lucrativos chamada Enseñanza e Investigación Superior, A. C.

A Tecnológico de Monterrey é uma instituição privada sem fins lucrativos e independente sem afiliações políticas ou religiosas.

O trabalho da Tecnológico de Monterrey e de todos seus campus conta com o apoio de associações civis formadas por um grupo numeroso de líderes excepcionais de todo o país que estão comprometidos com a qualidade do ensino superior. https://tec.mx/

 

 

FONTE Cambridge Quantum Computing

Share on Twitter Share on Facebook