Apresentado por
Segurança

Diferenças entre as câmeras de vigilância e alarmes 24 horas

O investimento na segurança residencial e de comércios é um assunto cada vez mais importante nas grandes cidades. Conhecer os produtos mais eficazes e saber a especificações entre eles é fundamental para essa proteção

A sensação de insegurança tem impulsionado cada vez mais o investimento dos consumidores finais em sistemas de monitoramento. Hoje, já são mais de 815 mil imóveis com esse tipo de sistema no país – números que devem continuar crescendo segundo um a Pesquisa Nacional sobre Segurança Eletrônica, realizada pela Abese (Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança) em 2018.

Veja também: Saiba como escolher o melhor sistema de alarme para sua casa.

Atualmente, as câmeras IP e analógicas estão entre os produtos mais vendidos do setor de segurança pública e patrimonial, representando, juntas, 66% das vendas no Brasil. Mas é importante que o consumidor entenda qual a proteção oferecida por cada tipo de sistemas e as formas mais inteligentes de utilizá-los. Para Eduardo Zangari, diretor de Relações Institucionais da Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC), acreditar que um sistema de vigilância por câmera evitou um assalto é errado. “É uma falsa ilusão achar que as câmeras por si só realizam um bom monitoramento. Em termos preventivos, elas podem até ajudar a afastar o bandido, mas na verdade devem ser um complemento e integradas aos serviços de monitoramento 24 horas”, diz o diretor.

“As pessoas ainda confundem muito os métodos de segurança. As câmeras de segurança te permitem vigiar. Já o alarme 24 horas você tem o seu ambiente monitorado a todo o tempo por um profissional que, em caso do disparo do alarme, adotará o procedimento adequado de aviso à polícia em casos confirmados de invasão”, completa Mariana Maaze, diretora de marketing da Verisure, empresa de segurança presente no Brasil desde 2011.

Segundo Mariana, os dois métodos têm suas vantagens, mas para reprimir invasões e roubos, a aposta seria o sistema de alarme monitorado 24 horas por dia.

Novas tecnologias

A pesquisa realizada pela Abese ainda mostrou uma tendência de integração de soluções para os próximos três anos e a oferta de serviços cada vez mais intuitivos, plataformas na nuvem e aplicativos de segurança em dispositivos móveis. Para a executiva da Verisure, as novas tendências estão surgindo para deixar a segurança do estabelecimento cada vez mais completa, prevenindo que a invasão aconteça com placas de segurança e dispositivos que detectam impacto em portas e janelas.

“Acredito que o alarme monitorado seja a nova tendência do mercado. Hoje, os equipamentos apresentam uma solução completa em segurança, onde tudo começa em um estudo de segurança onde um especialista vai até o estabelecimento e avalia os pontos que podem ser alvos de uma invasão. O mercado também traz tecnologias exclusivas de sistema de alarme monitorado que, além de possuírem acompanhamento à distância através de aplicativo, possuem aviso à polícia em casos confirmados de invasão”, diz.

arrow_forward Leia mais
Segurança

O crescimento da segurança residencial no Brasil

Segurança

Conheça os diferentes tipos de sensores de segurança

Segurança

Seu restaurante está bem protegido?

Segurança

Dicas para deixar sua loja mais segura

Segurança Residencial

Como agir em caso de assalto em casa?

Segurança

Seguro X alarme monitorado: o que vale mais a pena?

Segurança

Segurança na palma da mão

Segurança

Saiba como proteger sua casa de inundações

Segurança

Como a era digital está mudando a segurança no mundo

Segurança

A eficiência dos sistemas de segurança

Segurança

Segurança nas ruas: você sabe se proteger?

Segurança residencial

Vai viajar no final do ano? Saiba como manter sua casa protegida

Segurança residencial

As cidades mais seguras do Brasil

Segurança residencial

5 dicas para deixar as portas e as janelas do seu negócio mais seguras

Segurança residencial

É possível ter segurança morando em uma casa com acesso direto à rua?

Segurança residencial

Você sabe como funciona uma central de monitoramento?

Segurança residencial

Casa segura para idosos

Segurança residencial

Entenda a tecnologia por trás de um sistema de alarme

Segurança residencial

A sua casa está bem protegida?

Segurança residencial

Saiba como escolher o melhor sistema de alarme para a sua casa

Segurança residencial

Férias: saiba como garantir a proteção das crianças em casa

Segurança residencial

8 dispositivos de segurança que ajudam a manter a casa longe de roubos e assaltos

Segurança residencial

5 dicas para entrar e sair de casa com segurança

home