Como uma pequena serraria se transformou em fábrica de móveis alto padrão

Empreendimento familiar, que começou no Mato Grosso do Sul e se transferiu para o Paraná, passou por um reposicionamento de mercado depois de perceber o potencial do novo segmento

Transformar o negócio familiar em referência na fabricação de móveis em madeira de alto padrão é o desafio diário do diretor-executivo da Tropiso, Anníbal Filho. Fundada no fim da década de 1980 pelo pai, Anníbal Azevedo da Rocha, a empresa começou como uma pequena serraria na região de Naviraí, no Mato Grosso do Sul. Hoje, a fábrica ocupa um galpão em um distrito industrial de Maringá, no Paraná, depois de um reposicionamento de mercado.

Nas suas origens, a empresa atendia a clientes pequenos, especialmente fazendas vizinhas que precisavam de madeira para porteiras e cercas. Com o crescimento acelerado do fim dos anos 1990, a família migrou para a cidade paranaense, sua terra natal, e alugou uma estufa de secagem de madeira de eucalipto. Na época, o coração do negócio era exportação de madeira bruta, decks e assoalhos. A marcenaria se iniciou como um laboratório dentro dos galpões. “Desde quando viemos para Maringá, começamos com algumas peças de marcenaria, mas era apenas um experimento. Nunca foi pensado ser fábrica de móveis, mas tínhamos alguns funcionários com habilidade em marcenaria, e assim começaram as primeiras peças”, conta Anníbal Filho, que não havia nascido quando o pai começou a ensaiar os primeiros passos da empresa.

“Desde que viemos para Maringá, começamos com algumas peças de marcenaria, mas era apenas um experimento. Nunca foi pensado ser fábrica de móveis”.
Anníbal Filho

Com a chegada dos clientes, Anníbal viu uma oportunidade de ganhar mercado em um novo segmento, com produtos como cadeiras, poltronas, bancos externos, mesas e acessórios como bandejas. Foi aí que começou o trabalho de reformulação da marca. O nome Tropiso foi criado em 2008, e hoje o principal produto da empresa são móveis em madeira de alto padrão.

Para chegar até aqui, a empresa enfrentou uma série de desafios. Por integrarem um negócio familiar, os pais Anníbal e Lucia e os filhos Anníbal e Lara – todos sócios – precisaram aprender a necessidade de saber separar o que acontece no trabalho e o que acontece em casa. “O ponto forte é que seus sócios são pessoas em quem você confia. Por outro lado, não dá para deixar as relações pessoais entrarem na cultura da empresa. É preciso ter resiliência”, conta.

Foi com essa característica, aliás, que a família enfrentou a crise econômica dos últimos anos, a pior recessão da história do Brasil. A Tropiso até precisou demitir funcionários, mas conseguiu dar a volta por cima. Agora, Anníbal mira o futuro e trabalha para tornar a marca uma referência no segmento de móveis de alto padrão. “Depois dessa turbulência da crise, nossa expectativa é alcançar os clientes com nosso produto principal”, projeta.

Para atingir esse objetivo, a empresa investe em inovação. Há pouco mais de um ano, o controle financeiro é feito por meio do QuickBooks, sistema de gestão financeira onde Anníbal consegue registrar todo o fluxo de caixa da fábrica. O sistema multiplataforma, disponível tanto no computador quanto no celular, foi indicado por um amigo contador. “Hoje o controle financeiro é feito em tempo real. Um lançamento que eu teria que pedir para minha assistente, por exemplo, eu mesmo faço. É só acessar pelo celular. O QuickBooks trouxe agilidade para o nosso negócio”, observa.

“Hoje o controle financeiro é feito em tempo real. Um lançamento que eu teria que pedir para minha assistente, por exemplo, eu mesmo faço".
Anníbal Filho

Agora Anníbal também consegue fazer projeções exatas do quanto o negócio está crescendo, o que permite ter uma noção melhor do quanto precisa investir ou economizar. “Pela primeira vez em mais de 20 anos de empresa, foi possível saber se tivemos lucro ou prejuízo. Antes, a gente achava, mas não tinha certeza do que tinha acontecido. Até começarmos a usar o QuickBooks, que mudou tudo”.

“Depois dessa turbulência da crise, nossa expectativa é alcançar os clientes com nosso produto principal”.
Anníbal Filho