Música

30 de março de 2016

Formando os futuros amantes da música clássica

Quando se fala em educação musical, logo se imagina a formação de músicos profissionais. Mas o estudo da música deve ser encarado como uma ferramenta que vai muito além da formação de profissionais da área. Estão comprovados a importância e os benefícios que a educação musical traz para o desenvolvimento intelectual e cognitivo das crianças, e só isso justificaria a universalização desse ensino, como forma de promover o bem-estar de toda a sociedade.

Mas, além destes benefícios, dar oportunidade de aprendizado musical significa, na maior parte das vezes, estar formando ouvintes de música clássica, já que a maioria dos estudantes não atuará profissionalmente, mas sim levará a música como uma parte importante de sua vida. Investir na formação dos futuros ouvintes de música clássica é de suma importância para garantir a sobrevivência desse repertório. E introduzir as crianças desde cedo nesse universo, como espectadores, é o primeiro passo para construir um público que valoriza a cultura musical erudita.

Concerto gratuito para os pequenos
Acreditando que a vivência no universo clássico já na infância seja a chave para a formação de futuras plateias, o Mozarteum Brasileiro matinês clássicas para crianças. Tradicionalmente, a mesma orquestra que se apresenta no concerto ao ar livre também realiza um espetáculo gratuito para os pequenos.

Matine_Classica_para_Criancas_2015_Auditorio Ibirapuera_2-

Concerto no auditório Ibirapuera para as crianças

Com programação especialmente concebida para sensibilizar esta faixa etária, os concertos acontecem no Auditório Ibirapuera, em São Paulo, sempre com casa lotada. Espetáculos como Pedro e o Lobo ou O Quebra Nozes, por exemplo, já foram apresentados e comprovaram que as crianças, tendo o estímulo correto, podem tornar-se grandes apreciadoras da música erudita. É evidente a empolgação delas quando assistem pela primeira vez um espetáculo desta natureza. Em geral, cerca de 600 crianças tornam-se atentas espectadoras a cada Matinê.

Atendimento a públicos socialmente vulneráveis 

Complementando este projeto, o Mozarteum ainda estabelece parcerias com instituições que atendem públicos socialmente vulneráveis, escolas e núcleos de música para jovens. Por meio delas, em todas as temporadas, centenas de pessoas de todas as faixas etárias, com pouca ou nenhuma chance de assistir aos espetáculos, tornam-se, às vezes pela primeira vez na vida, espectadoras de concertos.

Matinê para Crianças com a Orquestra Sinfônica Estatal Russa Evgeny Svetlanov, em 2018, no Auditório Ibirapuera

Ver comentários