AstraZeneca | Tratamento do câncer não pode esperar a pandemia passar

fevereiro 14, 2021

Desde o início da pandemia, milhares de brasileiros deixaram de marcar consultas ou exames que poderiam ajudar a identificar tumores. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estimava que em 2020 o país teria aproximadamente 625 mil novos casos da doença. No entanto, já nos dois primeiros meses da pandemia, estima-se que entre 50 mil e 90 mil brasileiros tenham deixado de receber o diagnóstico, segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica (SBCO).

Com produção do Media Lab Estadão, o jornal Estadão publicou uma reportagem mostrando que, para lembrar a sociedade sobre a importância das consultas ou da continuidade do tratamento do câncer, a AstraZeneca lançou a campanha “O normal mudou, o câncer não”. Com diversas parcerias, inclusive com o Instituto Lado a Lado Pela Vida, a ideia é encorajar esses pacientes e fazer de 2021 o ano do cuidado.

Clique aqui para ler a matéria completa.

Share on Twitter Share on Facebook