Sanitizante e detergente feito com água e sal, in loco, e robôs para limpeza de carros e veículos diversos

BioGuard lança tecnologias que facilitam a descontaminação de ambientes e automotivos

PR Newswire

SÃO PAULO, 27 de outubro de 2020 /PRNewswire/ — O período em que estamos vivendo estabeleceu novos hábitos que levaremos por toda a vida, a fim de evitarmos o novo coronavírus, mas também outras pandemias que possam surgir. E, embora as pessoas estejam retomando suas rotinas, não é o momento de baixar a guarda dos cuidados com a saúde. Para isso, a BioGuard, empresa 100% brasileira, que foi fundada com o objetivo de descontaminar rapidamente o ar e os ambientes, com foco na segurança e saúde das pessoas, traz novidades ao mercado que demanda novos hábitos que devem ser incorporados à rotina das pessoas para sempre.A companhia desenvolveu o robô BGtech-19, um equipamento autônomo compacto e modular capaz de neutralizar ambientes de maneira eficiente e rápida. Agora, a BioGuard expande seu portfólio, em parceria com a multinacional americana Spraying Systems Co., líder mundial em tecnologias de aspersão especializada em minimizar a poluição do ar, economizar água, reduzir o uso de energia e garantir a segurança dos alimentos, com mais de 90 anos de sólida atuação.

Juntas desenvolveram novas versões do equipamento, o BGtech Mini, para ambientes menores e veículos (cabines de caminhão, ambulâncias e carros de passeio), e o Klarion, sistema capaz de produzir sanitizante e detergente in loco.

O maior diferencial dos produtos está na agilidade do funcionamento e na eficácia do processo de descontaminação. A higienização de um carro de passeio feita com o BGTech Mini dura 1 minuto, em média. Com cada tanque de sanitizante, é possível limpar até 25 carros.

Outra novidade é o fato de o usuário produzir seu próprio sanitizante ou detergente. O modelo Klarion permite que apenas com sal de alta pureza, água e eletricidade seja produzido um eficiente desinfetante, garantindo economia de tempo, segurança para quem opera o aparelho e um processo mais sustentável. “Com essa opção, incentivamos que as pessoas, indústria e comércio diminuam a geração de resíduos e o uso de embalagens tóxicas e gases de efeito estufa, com transporte e logística de produto”, diz André Tchernobilsky, engenheiro e CEO da BioGuard.

A garantia da ação da tecnologia BioGurad foi atestada pelo Laboratório Eurofins, especializado em ensaios bioanalíticos. O processo garante a descontaminação de 99,99% de vírus, germes e bactérias, incluindo o coronavírus.

FONTE BioGuard

PR NEWSWIRE

Share on Twitter Share on Facebook