a tecnologia dá a largada no gp brasil 2018

No domingo, dia 11 de novembro, às 15h10, os motores vão roncar no circuito de Interlagos. Além do talento dos melhores pilotos do mundo, o GP também é uma excelente oportunidade para o uso de modernas tecnologias que ajudam a fazer o sucesso da F1 em todo o mundo

Interlagos vai tremer neste fim de semana. Na penúltima prova da temporada 2018 estarão em São Paulo os grandes nomes do automobilismo mundial, como Lewis Hamilton (líder na classificação geral deste ano), Max Verstappen e Sebastian Vettel, que, ao lado de outros 17 pilotos, estarão na pista para ver quem será o grande vencedor. Para quem gosta de adrenalina, é o paraíso. Na Reta de Largada, por exemplo, os carros engatam a sétima marcha e atingem até 320 km/h. Confira abaixo quais as velocidades que eles alcançam em outros pontos do circuito.

Talento e ousadia os pilotos têm de sobra. Mas a Fórmula 1 também é um excelente laboratório para o desenvolvimento de novas tecnologias, o que acontece não só no aprimoramento da mecânica dos carros. Tudo o que gira em torno do grande circo da F1 se aprimora e se sofistica a cada ano. É um evento gigante, que recebe centenas de jornalistas e fotógrafos e é transmitido a dezenas de países em todo o mundo.

Um espetáculo desse porte exige um alto nível de transmissão de voz, dados e imagem. Velocidade é fundamental. Segurança, essencial. Afinal, nada pode falhar, nem por um décimo de segundo. Por tudo isso, pelo 13º ano consecutivo, a Embratel foi escolhida como fornecedora oficial de Telecomunicações e TI do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1.

No S do Senna os carros reduzem a velocidade até 166 km/h

Na Reta de Largada os carros atingem até 320 km/h

Na curva do Pinheirinho a velocidade cai para 104 km/h

Redução total no Bico de Pato: 83 km/h

No Mergulho, a velocidade máxima chega a 335 km/h

Na Reta Oposta é hora de acelerar outra vez até 323 km/h

47ª Edição do Gp Brasil de F-1

37ª temporada de Interlagos 20ª corrida e penúltima da temporada 2018

Circuito José Carlos Pace:

  • 4.309 metros de extensão
  • 15 curvas
  • 10 escuderias
  • 20 pilotos

Público esperado:

  • cerca de 100 mil pessoas

Rapidez e segurança na transmissão de voz, dados e imagens

Para condizer com a grandiosidade do evento, a Embratel montou uma superestrutura para atender todas as necessidades das mais de 1.550 pessoas que irão trabalhar em Interlagos com relação à transmissão de voz, dados e imagens. Entre os profissionais estão jornalistas, fotógrafos, emissoras de rádio e TV, equipe de segurança pública, profissionais da Aeronáutica, membros das 10 escuderias, equipe da direção de prova e representantes da Federação Internacional de Automobilismo. Para isso, a Embratel instalou:

de cabos de rede para atender o autódromo com soluções de Wi-fi e rede LAN

conexões de internet e Wi-Fi deverão ser realizadas durante os três dias de evento, garantindo acesso aos mais de 200 jornalistas e 100 fotógrafos na Sala de Imprensa, na Sala de Foto e em outros setores do autódromo

de fibra óptica, interligando 10 painéis de vídeo e o centro de geração de imagem

Smart Video

Transporte de sinais de vídeo com qualidade de transmissão digital

Internet

Acesso dedicado com conexão de alta capacidade de tráfego, disponibilidade e flexibilidade

Transmissão de voz

Segurança e qualidade para ligações locais e internacionais

Transmissão de dados

Soluções de Primelink, lan to lan, mpls que garantem integração, velocidade e segurança no tráfego das informações

Carros conectados

Inovações tecnológicas, como telemetria, big data e internet das coisas, têm sido comuns nos carros de F1 em busca do melhor desempenho. Com o tempo, essas novidades deixarão de ficar restritas aos pilotos e poderão ser usadas por mais pessoas a cada dia. Isso, em parte, já está acontecendo. A Embratel, por exemplo, é líder em soluções para automóveis conectados no Brasil com tecnologias semelhantes às usadas nos carros de corrida, o que garante bem-estar e segurança aos usuários. São mais de 500 mil carros conectados. Entre os principais benefícios dessas inovações destacam-se:

Monitoramento 24 horas do veículo

Rastreamento por satélite

Travamento e destravamento remoto de portas

Acesso a informações essenciais para o bom funcionamento do automóvel, como calibragem de pneus e volume de óleo