Transformação digital

06 de dezembro de 2017

Saiba por que as empresas estão apostando nas soluções em nuvens

Armazenamento de dados em ambiente virtual reduz custos e aumenta capacidade operacional

Se há alguns anos reunir dados em nuvem era restrito às gigantes da tecnologia, hoje é uma das tendências no meio empresarial com maior expectativa de crescimento. Os gastos das companhias com serviços de cloud serão de US$ 500 bilhões em 2020, mais de três vezes o valor atual, conforme dados da IDC, principal consultoria na área.

E por que virou tendência investir nessa tecnologia? A redução de custos operacionais é apenas um dos benefícios que o armazenamento em nuvem traz. O modelo é também o ambiente natural onde são implantadas as soluções de transformação digital, um passo importante que as organizações estão dando para se manterem competitivas. Afinal, é na nuvem que são implementadas ferramentas de mobilidade, big data, Internet das Coisas (IoT)…

O que já é realidade?

Algumas soluções já estão disponíveis no mercado, oferecidas por empresas como a Embratel. Uma delas é o Cloud Server, um servidor virtual dinâmico que permite armazenamento e hospedagem de aplicações, arquivos e dados. Uma das vantagens desse serviço é que o contratante pode pagar apenas pelo que consome. Como assim? Como o ambiente da nuvem é flexí­vel (por ser virtual), ele tem elasticidade para armazenar mais ou menos dados, conforme a necessidade. Assim, as companhias pagam apenas pelo que utilizam e reduzem custos.

Outra ferramenta é o Cloud Storage, uma plataforma para armazenamento, gerenciamento e distribuição de objetos na nuvem via internet. Quem adquire esse serviço garante o armazenamento de grandes volumes de dados, como músicas, imagens, documentos, conteúdos web, entre outros.

As soluções também se estendem para a área de comunicação. O Hosted Exchange, serviço de mensagens corporativas na nuvem, integra a plataforma de e-mails da Microsoft com a infraestrutura de TI da Embratel. Assim, os funcionários têm acesso a um ambiente de e-mail flexí­vel com ferramentas para conferência online e compartilhamento de arquivos.

Diferencial nos negócios

Os empresários brasileiros já estão atentos às vantagens da nuvem? Com sede em Santa Catarina, a IPC Administração é um exemplo. A companhia controla a e-Frete, um sistema de pagamento eletrônico de fretes. Com essa tecnologia, empresas de qualquer setor podem pagar transportadores autônomos. O grande diferencial é o mobile payment, pagamento via celular, e, para isso, a e-Frete conta com o servidor da Embratel.

“Tínhamos um data center próprio quando começamos a operar, e chegou num ponto que precisávamos expandir a operação e aumentar a capacidade. Em vez de investir em equipamentos, optamos por virtualizar e jogar na nuvem”, conta Ivan Ponciano, sócio-diretor da e-Frete.

Ponciano calcula que, caso a empresa não virtualizasse suas operações, o investimento feito em equipamentos seria de R$ 500 mil. “A gente deixa de mobilizar esse capital, de comprar equipamento, que não é o nosso negócio, e passa a utilizar um serviço pago conforme a demanda. A vantagem de ter uma solução virtualizada é que com dois ou três cliques eu consigo dobrar a nossa capacidade”, explica.

A Serttel, focada em mobilidade urbana (responsável pelos aplicativos de bicicleta em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro), é outro exemplo de como essa tecnologia vem sendo implantada. A empresa hospeda as suas aplicações na Nuvem Hí­brida da Embratel. Tudo o que ela faz é conectado à  internet e precisa de um data center para essas operações.

Quando, por exemplo, um usuário dos aplicativos de bicicleta interage com o app, ele se conecta à  rede. A pessoa não interage diretamente com a estação, mas com o servidor via aplicativo. “Tudo que a Serttel faz é conectado na internet e precisa de um data center operando 24 horas. A gente decidiu usar o da Embratel e conseguimos ter um custo menor, com mais eficiência e qualidade de atendimento”, explica o presidente da Serttel, Angelo Leite.

Benefí­cios da nuvem:


– Redução de custos operacionais e de infraestrutura;

– Armazenamento de grande quantidade de dados, arquivos e documentos, além de mídias em outros formatos, como imagens, áudios e ví­deos;

– Facilidade de envio e liberação de espaço dos hardwares das empresas;

– Segurança: as soluções em nuvem permitem o backup dos dados armazenados, o que evita a perda das informações;

– Flexibilidade: os colaboradores podem acessar as ferramentas de trabalho de onde estiverem.

Ver comentários